quinta-feira, dezembro 10, 2009

CERCADOS PELO FOGO - Parte 2



A Associação para o Desenvolvimento da Aerodinâmica Industrial e as Edições MinervaCoimbra têm o prazer de convidar para o lançamento do livro

CERCADOS PELO FOGO - Parte 2 relato dos acidentes fatais ocorridos em Portugal nos incêndios florestais de 2005

da autoria do Exmo. Senhor Prof. Doutor Domingos Xavier Viegas.

A apresentação será feita pelo Senhor Dr. Duarte Nuno Caldeira,
Presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses.

A sessão realiza-se no dia 10 de Dezembro, pelas 17h00, no Auditório do Departamento de Engenharia Mecânica, da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.



Na sequência do livro com este mesmo título, editado em 2004, Domingos Xavier Viegas publica neste volume um relato dos acidentes ocorridos nos incêndios florestais que deflagraram em Portugal no ano de 2005, causando a morte de 22 pessoas. Levando o leitor a percorrer consigo os passos da investigação realizada a cada caso, o autor fá-lo participar no processo de aprendizagem das lições que se podem retirar destes acidentes, com vista a melhorar a segurança pessoal não só dos Bombeiros, mas também de cidadãos comuns.
Incluem-se neste livro os acidentes de Mortágua, de Pampilhosa da Serra, de Oliveira de Azeméis e de Mogadouro, ocorridos em 2005, envolvendo Bombeiros, os de Cortes, Algaça e Sertã, também de 2005, mas envolvendo civis, e também o de Famalicão, ocorrido em 2006 e o de Guadalajara e de Cerdedo, ocorridos em Espanha. Embora a maioria destes acidentes envolva um cerco pelo fogo, alguns deles resultaram de acidentes na estrada e, pelo menos dois, de exaustão e de sobreexposição ao calor e ao fumo por parte de Bombeiros.
Embora se baseie num trabalho de investigação científica realizado pelo autor e pela sua equipa este livro destina-se ao público em geral, para aumentar a sensibilidade das pessoas para o problema. Constitui uma leitura indispensável para todas as pessoas que trabalham ou vivem junto da floresta e interessa a todos aqueles que estejam empenhados na defesa da Natureza e da Vida.
O livro contém uma reflexão feita pelo autor sobre a situação da prevenção dos incêndios florestais em Portugal e as mudanças operadas desde 2003 e é prefaciado por Duarte Caldeira, presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses.


Domingos Xavier Viegas
Domingos Xavier F. Carlos Viegas é professor do Departamento de Engenharia Mecânica, Universidade de Coimbra. É natural de Goa, onde nasceu em 1950. É licenciado em Engenharia Mecânica, pelo Instituto Superior Técnico em 1972 e doutorado em Aerodinâmica pela Universidade de Coimbra em 1981. Desde 1992 é professor catedrático do Departamento de Engenharia Mecânica da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
É membro do Conselho Nacional de Educação.
Em 1990 fundou a Associação para o Desenvolvimento da Aerodinâmica Industrial (ADAI), que constitui uma unidade de investigação integrada no Laboratório Associado de Energia, Transportes e Aeronáutica (LETA). No âmbito da ADAI coordena o seu Centro de Estudos sobre Incêndios Florestais (CEIF), na investigação, formação avançada e prestação de serviços na gestão dos incêndios florestais. Coordenou a participação da equipa do CEIF num elevado número de projectos financiados por entidades nacionais e europeias, em colaboração com diversas instituições científicas e operacionais.
É director do Laboratório de Estudos sobre Incêndios Florestais.
É coordenador da área temática de Incêndios Florestais do Consórcio Nacional RISCOS. As suas áreas de interesse são a propagação dos incêndios florestais, a segurança pessoal e o apoio à decisão na gestão dos incêndios florestais.
É autor de um grande número de trabalhos e estudos publicados internacionalmente e orientou diversos trabalhos de pós-graduação na temática dos incêndios florestais.


Centro de Estudos sobre Incêndios Florestais
O Centro de Estudos sobre os Incêndios Florestais (CEIF) constitui uma das linhas de acção desenvolvidas pela Associação para o Desenvolvimento da Aerodinâmica Industrial (ADAI), que é, por sua vez, uma unidade afecta ao Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade de Coimbra e se encontra integrada no sistema nacional de investigação científica.
O CEIF desenvolve investigação científica aplicada no campo dos incêndios florestais, numa perspectiva multi-disciplinar, prestando especial atenção aos aspectos físicos dos fogos. O seu principal objectivo consiste na promoção do conhecimento científico dos fenómenos relacionados com a ocorrência e propagação de incêndios florestais, com vista ao suporte dos esforços comuns na minimização dos impactes negativos dos mesmos. Este objectivo tem sido prosseguido fundamentalmente através da realização de projectos de investigação aplicada, de cursos de formação avançada e da prestação de serviços na área dos incêndios florestais, em colaboração com outras instituições de investigação, com entidades operacionais e com empresas, tanto nacionais como estrangeiras.
Uma parte importante dos recursos do CEIF são facultados pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, através do seu Departamento de Engenharia Mecânica. Entre estes inclui-se o Laboratório de Estudos sobre Incêndios Florestais, situado na Lousã.
A investigação sobre incêndios florestais começou na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra em 1985, como um estudo académico no campo da Engenharia Mecânica, sobre a acção do vento na propagação de uma frente de chamas. Com o decurso dos anos e com o apoio de diversas entidades nacionais e estrangeiras, tornou-se um programa inter-disciplinar de investigação, com fortes ligações às aplicações práticas e de carácter operacional.
Embora a incidência principal da actividade da equipa do CEIF seja sobre os aspectos físicos dos incêndios, em particular os ligados ao comportamento do fogo, tem subsistido sempre a preocupação de abordar o problema na sua maior generalidade e abrangência.

Sem comentários: