sexta-feira, novembro 03, 2017

«PENUMBRA» DE LAURA DA SILVA [APRESENTAÇÃO NA BIBLIOTECA MUNICIPAL MIGUEL TORGA EM MIRANDA DO CORVO] 18 DE NOVEMBRO, 16H00.






Convite 

O Presidente da Câmara Municipal de Miranda do Corvo, Miguel Baptista, 
as Edições MinervaCoimbra e a Autora, têm a honra de convidar V. Exª 
para a apresentação do livro PENUMBRA de Laura DaSilva.
A apresentação será feita por Júlia Correia (professora de ensino secundário).
A sessão realiza-se no próximo dia 18 de Novembro, pelas 16h00, 
na Biblioteca Municipal Miguel Torga.

***



Laura DaSilva [Maria Cecília da Silva Fernandes Pedro] nasceu a 5 de Novembro em Coimbra, onde completou o segundo ano do curso complementar do ensino secundário (antigo sétimo ano do liceu) em 1979, na cooperativa
de ensino de Coimbra (Colégio S. Pedro). Em 1980 emigra para o estrangeiro à procura de outras oportunidades. Não continuou os estudos, mas nunca perdeu a ligação aos livros que sempre a acompanharam desde a infância. Regressou a Portugal em 1998 onde fixou residência em Miranda do Corvo. 
Publicou em 2014 “Palavras soltas no olhar”, em 2016 "Madrugada Fria" (1.ª edição) e 2.ª ed. em 2017.  

«A EMISSORA NACIONAL E AS MUDANÇAS POLÍTICAS (1968-1975)» DE ROGÉRIO SANTOS [BREVEMENTE]





A EMISSORA NACIONAL E AS MUDANÇAS POLÍTICAS (1968-1975)
de  Rogério Santos

Este livro analisa a história da Emissora Nacional durante o período de 1968 a 1975, compreendendo os tempos do governo de Marcelo Caetano e os dezoito meses de revolução política (abril de 1974 a novembro de 1975). O estudo incide sobre a programação, os objetivos ideológicos, estéticos e culturais da rádio pública e a mudança de geração de dirigentes, profissionais e orientações radiofónicas.
[nº 5 da Colecção Comunicação História e Memória, dirigida pela Prof. Doutora Isabel Nobre vargues]

                                                           

ROGÉRIO SANTOS é docente (Universidade Católica Portuguesa) e investigador em ciências sociais e humanas (Centro de Estudos de Comunicação e Cultura). Publicou diversos livros sobre história da rádio e das telecomunicações, jornalismo e media.

sexta-feira, outubro 20, 2017

«UM HOMEM QUE PARTIU DO SEU REGRESSO» DE ANTÓNIO ARNAUT [APRESENTAÇÃO NA CASA MUNICIPAL DA CULTURA, COIMBRA] 28 DE OUTUBRO, 16H00.




Convite 
Apresentação de
"UM HOMEM QUE PARTIU DO SEU REGRESSO
e outros poemas" de António Arnaut
por António Pedro Pita (Professor Catedrático da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra).  Leitura de poemas por Victor Torres.

28 de Outubro de 2017, 16h00Sala Polivalente da Casa Municipal da CulturaRua Pedro Monteiro, em Coimbra. 

***
O livro
    “Um Homem que partiu do seu regresso foi pensado como uma alegoria de quem regressa da morte anunciada, ou da vida no ocaso sensível da sua Luz. 
O regresso era também uma partida ou vice-versa, dependendo da premência da poesia na deflagração sequencial da palavra poética. 
O poeta é tanto um mediador do oculto como um desocultador do já revelado. Procura a palavra perdida, genesíaca, para vencer a morte e dar um sentido humano à vida.”
                       António Arnaut

O Autor
António Duarte Arnaut nasceu em 1936 na freguesia de Cumieira, Penela, onde ainda tem casa de família. Advogado, político e escritor. Conhecido sobretudo pela sua acção cívica e política e por ser fundador do Serviço Nacional de Saúde, a sua vasta e notável obra literária, de reconhecido mérito, alcança já os 40 títulos. Poeta, ficcionista, ensaísta, publicou vários livros em defesa do SNS e do Estado Social. A sua poesia dispersa por 14 livros, está antologiada em "Recolha Poética (1954-2014), Coimbra Editora,2014, recentemente reeditada pela Imprensa da Universidade de Coimbra, "Recolha Poética (1954-2017)".

Os seus contos foram seleccionados em "Contos Escolhidos", Coimbra Editora, 2011. De destacar ainda o romance histórico-político "Rio de Sombras", Coimbra Editora, 2007.
As capas dos seus livros são quase todas elaboradas 
com base na reprodução de quadros de pintores amigos, 
que conserva na sua colecção.António Arnaut escreve, sempre que pode, ao som de música clássica. Os seus compositores favoritos são Mozart, Beethovan e ainda os clássicos russos, preferencialmente Alexander Borodin. 

Obras de António Arnaut

(por ordem cronológica)

Versos da mocidade. Coimbra, Coimbra Editora, 1954 (esgotado).

Serviço Nacional de Saúde - uma aposta no futuro. Coimbra,

Coimbra Editora, 1978 (esgotado). Ensaio.

A condição portuguesa no Diário de Miguel Torga (Conferência),

1984.

Rude Tempo, Rude Gente. Coimbra, Fora de Texto, 1.ª edição,

1985; 2.ª edição, 1995 (esgotado). Ficção.
Onze anos depois de Abril - Reflexão Política, 1985. Ensaio.
Para uma visão diacríptica do romance de Miguel Torga. Coimbra,
Gráfica de Coimbra, 1985. Ensaio.
Pátria, Memória Antiga. Coimbra, Fora do Texto, 1.ª edição,
1986; 2.ª edição, 1992 (esgotado). Poesia.
Miniaturais/Outros Sinais. Coimbra, Livraria Almedina, 1987
(esgotado). Poesia.
A viagem - Contos do Absurdo. Coimbra, Livraria Almedina,
1988 (esgotado). Ficção.
O dia do encontro – No 40.º aniversário da Declaração Universal
dos Direitos do Homem, (Conferência), 1989.
Ossos do Ofício. Coimbra, Fora do Texto, 1.ª edição, 1990; 2.ª
edição, Coimbra Editora, 2002. Ficção.
Protótipos Torguianos (Conferência), 1990.
Estudos Torguianos. Coimbra, Coimbra Editora, 1.ª edição,
1992; 2.ª edição, 1997. Ensaio.
Imaginários Portugueses – Contos (Antologia de Autores Portugueses
Contemporâneos). Coimbra, Fora do Texto, 1992.
Obra Colectiva.
Iniciação à Advocacia: história, deontologia, questões práticas.
Coimbra, Coimbra Editora, 1.ª edição, 1993; 11.ª edição, 2011.
Ensaio.
Introdução à Maçonaria. Coimbra, Coimbra Editora, 1.ª edição,
1996; 7.ª edição, 2012. Ensaio.
Estatuto da Ordem dos Advogados (Anotado). Coimbra, Coimbra
Editora, 1.ª edição, 1996; 14.ª edição, 2012.
Canto de Job (Homenagem a Miguel Torga), 1996 (esgotado).
Poesia.
Cântico em Honra de Miguel Torga. Coimbra, Fora do Texto,
1996. Obra Colectiva.
Nobre Arquitectura. Arganil, Editorial Moura Pinto, 1997; 3ª
edição, Lisboa, Huguin Editores, 2003 (esgotado). Poesia.
O Pássaro Azul - Contos e Poemas de Natal. Coimbra, Coimbra
Editora, 1ª edição, 1998; 2ª edição, 2001. Poesia e Prosa.
Entre o Esquadro e o Compasso (Três Intervenções). Lisboa,
Universitária Editora, 1999 (esgotado).
Ética e Direito - algumas questões concretas. Coimbra, Livraria
Mateus, 1999 (esgotado). Ensaio.
Por Este Caminho. Coimbra, Coimbra Editora, 1.ª edição, 1999;
2.ª edição, 2000. Poesia.
Vencer a Morte. Coimbra, Coimbra Editora (Conferência), 2001.
As Noites Afluentes. Coimbra, Coimbra Editora, 2001. Poesia
e Prosa.
Colectânea de Poesia. Coimbra, Pé de Página, 2001. Obra Colectiva.
A Seiva da Raiz. Penela, Câmara Municipal, 2002. Contos.
Miguel Torga, Mestre de Língua e da Portugalidade (Conferência),
2002.
Do litoral do teu corpo - Antologia do Amor. Vila Nova de Gaia,
Editora Ausência, 2003 (esgotado). Poesia.
Encantada Coimbra (Colectânea de Poesia sobre Coimbra).
Lisboa, D. Quixote, 2003. Obra Colectiva.
Choque e Pavor (25 Poemas contra a guerra no Iraque). Vila
Nova de Gaia, Editora Ausência, 2003. Obra Colectiva.
Recolha Poética (1954-2004). Coimbra, Coimbra Editora, 2004.
Na Liberdade – Antologia Poética, 30 Anos, 25 de Abril. Peso da
Régua, Garça Editores, 2004. Obra Colectiva.
Fernando Pessoa e a Maçonaria. Lisboa, Grémio Lusitano, 2005.
Ensaio.
Rio de Sombras. Coimbra, Coimbra Editora, 2007. Romance.
Serviço Nacional de Saúde (SNS) – 30 Anos de Resistência. Coimbra,
Coimbra Editora, 1.ª e 2.ª edições, 2009. Ensaio.
Contos Escolhidos. Coimbra, Coimbra Editora, 2011. Ficção.
Rosto e Memória – Exercícios de Cidadania. Coimbra, Coimbra
Editora, 2011. Ensaio
O Étimo Perdido – O SNS, O Estado Social e Outras Intervenções.
Coimbra, Coimbra Editora, 2012.
Alfabeto Íntimo e Outros Poemas. Coimbra, Coimbra Editora,
2013. Poesia.
Iluminuras – Adágios, Incisões e Reflexões. Coimbra, Coimbra
Editora, 2013. Poesia e Prosa.
Degraus, Antologia Poética Solidária. Edição do Casino Figueira/
LAHUC, 2014. Obra colectiva.
Cavalos de Vento. Coimbra, Coimbra Editora, 2014. Poesia e
Prosa.
A Mesma Causa, Conferências e Outras Afluências. Coimbra,
Coimbra Editora, 2015.
Era um Rio e Chorava – 80 poemas para 80 anos. Coimbra, Coimbra
Editora, 2016.
Recolha Poética (1954-2017), 2. ª edição (aumentada). Coimbra,
Imprensa da Universidade de Coimbra, 2017.
Introdução à Maçonaria, 8. ª edição, Coimbra, Imprensa da
Universidade de Coimbra, 2017.

segunda-feira, outubro 09, 2017

«SOBRE MIM UM VERSO QUE EU NÃO ESCREVI» DE MARIA HELENA TEIXEIRA [APRESENTAÇÃO NO HOTEL QUINTA DAS LÁGRIMAS EM COIMBRA] 20 DE OUTUBRO, 21H30.





CONVITE

Apresentação de "SOBRE MIM UM VERSO QUE EU NÃO ESCREVI
de Maria Helena Teixeira
por Cristina Robalo Cordeiro (Professora Catedrática da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra). Prefácio de Júlio Machado Vaz.
Leitura de poemas por Victor Torres.

20 de Outubro, 21h30, Hotel Quinta das Lágrimas, Sala Aqua, Coimbra.




Maria Helena de Sousa Ferreira Teixeira, natural do Porto, é química de profissão, casada, mãe de três filhos e avó de quatro netos.

Fora do mundo químico, cultiva o gosto pela música, mas é na poesia que a autora esvazia alguns momentos da sua vida.

Livros publicados:

- "Instantes", 1999
- "A Lua tem Frio", 2001
- "Asas e Sombras", 2005
- "Não me Ensine a Estrada", 2009
- "O Silêncio é um Rio", 2012
- "O Vento Ainda Sopra", 2016

www.facebook.com/edgard.panao   www.facebook.com/minervacoimbraed/
www.minervacoimbra.pt 

sexta-feira, setembro 15, 2017

CAMPOS DE MIRANDA DE EDGARD PANÃO [23 DE SETEMBRO DE 2017, 16H30] MUSEU DE AVEIRO/MUSEU SANTA JOANA PRINCESA




CONVITE
Apresentação de "Campos de Miranda" de Edgard Panão
por João Aurélio Sansão Coelho (jornalista e professor do Ensino Superior e autor do prefácio. 
“Campos de Miranda” completa a trilogia composta por “Campos de Sombras” (2014) e “Campos de Arruda” (2015). 

www.facebook.com/edgard.panao   www.facebook.com/minervacoimbraed/
www.minervacoimbra.pt 

quinta-feira, setembro 14, 2017

DESTINADAMENTE.... DE ARNALDO SILVA [APRESENTAÇÃO, DIA 22 DE SETEMBRO DE 2017, 21H30] SALÃO NOBRE CÂMARA MUNICIPAL DE MATOSINHOS






CONVITE

" ....Destinadamente..." de Arnaldo Silva. 
Apresentação por Prof. Doutora Isabel Ponce de Leão (autora do prefácio).
Salão Nobre Câmara Municipal de Matosinhos. 22 de Setembro, 21h30.



terça-feira, setembro 12, 2017

EDGARD PANÃO, ACADÉMICO HONORÁRIO DA ACADEMIA PORTUGUESA DA HISTÓRIA







Edgard Panão, Académico Honorário da Academia Portuguesa da História. É com orgulho que comunicamos que o nosso ilustre autor Dr. Edgard Panão, foi eleito Académico Honorário da Academia Portuguesa da História. O galardão será entregue em cerimónia a realizar a 11 de Outubro, pelas 15 horas. 
In Jornal "Mirante" de 1 de Setembro de 2017.


Aqui deixamos o link para "O PONEY", a quem agradecemos igualmente a notícia e a referência ao excepcional currículo do Dr. Edgard Panão

http://oponney.pt/nacional/nova-artigo-50/

sexta-feira, agosto 04, 2017

«A VIAGEM» DE IRENE VALENTE [APRESENTAÇÃO POR JORGE CORTE-REAL] 12 DE AGOSTO, 17H30, AUDITÓRIO DA CÂMARA MUNICIPAL [ANSIÃO]




Convite

O Presidente da Câmara Municipal de Ansião, 
Dr. Rui Alexandre Novo e Rocha, 
a Autora e as Edições MinervaCoimbra 
têm o prazer de convidar V. Ex.ª para o lançamento do livro

A VIAGEM de Irene Valente

A apresentação será feita por Jorge Corte-Real (jurista). 

A sessão realiza-se no próximo dia 12 de agosto (sábado), 
pelas 17h30 no Auditório Câmara Municipal de Ansião.

terça-feira, julho 11, 2017

A INFORMAÇÃO NA ERA DA PÓS VERDADE - O ADMIRÁVEL MUNDO DAS NOTÍCIAS FALSAS [ A PROPÓSITO DO LIVRO DE BRUNO PAIXÃO « PRIME TIME IS MY TIME»



Colóquio " A informação na era da pós verdade - o Admirável Mundo das Notícias Falsas"
com António Tavares, Sandra Felgueiras, Bruno Paixão e José Manuel Portugal


Dia 11 de Julho de 2017, pelas 21h30. 

Biblioteca Municipal, Figueira da Foz. 

A propósito do livro de Bruno Paixão 

«Prime Time is My Time crónicas sobre comunicação, jornalismo, política e cultura» 



quinta-feira, junho 22, 2017

«ANTÓNIO ARNAUT - FOTOBIOGRAFIA» COORDENAÇÃO DE ISABEL DE CARVALHO GARCIA [CONVENTO DE SÃO FRANCISCO EM COIMBRA] DIA 8 DE JULHO DE 2017, PELAS 16H30






Convite

O Presidente da Câmara Municipal de Coimbra, 
Manuel Machado, António Arnaut 
e as Edições MinervaCoimbra 
têm a honra da convidar V. Ex.ª 
para o lançamento do livro

ANTÓNIO ARNAUT - FOTOBIOGRAFIA
coordenado por Isabel de Carvalho Garcia.

A apresentação será feita pelo Prof. José de Faria Costa

A sessão terá lugar no próximo dia 8 de Julho de 2017, 
pelas 16h30,no Café Concerto 
do Convento de São Francisco, em Coimbra.


sexta-feira, junho 09, 2017

SESSÃO DE AUTÓGRAFOS COM LAURA DASILVA - 2ª EDIÇÃO DE «MADRUGADA FRIA» [FEIRA DO LIVRO DE COIMBRA] PARQUE DR. MANUEL BRAGA - FEIRA CULTURAL DE COIMBRA






Sessão de Autógrafos com LAURA DASILVA (Cila Fernandes) a propósito da 2ª edição do livro «Madrugada Fria».10 de junho de 2017 (16h00-18h00).Feira do livro de Coimbra (Feira Cultural de Coimbra). 


Com 1ª edição a 07 de Maio de 2016 este segundo livro de Laura Da Silva reúne a sua produção poética entre 2004 e 2006, com prefácio de Margarida Mota. Num registo intimista, tal como em "Palavras Soltas no Olhar" (MinervaCoimbra, 2014), a autora convoca-nos novamente para uma leitura onde o "amor, a tristeza, o sofrimento, o medo, a angústia, mas também a alegria, a saudade e a felicidade ", polvilham os seus poemas.
LAURA DASILVA (Cila Fernandes)
[pseudónimo de Maria Cecília da Silva Fernandes Pedro].
é natural de Coimbra, onde completou o segundo ano do curso complementar do ensino secundário (antigo sétimo ano do liceu) em 1979, na cooperativa de ensino de Coimbra (Colégio S. Pedro).
Em 1980 emigra para o estrangeiro à procura de outras oportunidades.
Não continuou os estudos, mas nunca perdeu a ligação aos livros que sempre a acompanharam desde a infância. Regressou a Portugal em 1998 onde fixou residência em Miranda do Corvo.
Em 2014 publicou «Palavras Soltas no Olhar» [MinervaCoimbra]. 

Tem em preparação mais doitítulos www.minervacoimbra.pt // www.minervacoimbra.blogspot.pt

segunda-feira, maio 22, 2017

«AINDA - COTOVIA» DE PAULO ILHARCO. APRESENTAÇÃO EM COIMBRA [26 DE MAIO DE 2017, PELAS 21H30]






CONVITE

Apresentação do livro "AINDA - COTOVIA", de Paulo Ilharco, pela professora Maria Regina Rocha, autora do prefácio. Do evento constarão alguns momentos musicais. A sessão decorrerá dia 26 de maio, sexta-feira, pelas 21h30 na “Taberna Rossini” (Av. Calouste Gulbenkian, 21 – ao Largo da Cruz de Celas – Coimbra).



Tendo começado a publicar em 1991, Paulo Ilharco tem rejeitado, ao longo dos anos, com veemência, a inclusão do seu espólio em concursos literários, por motivos pessoais. Não obstante, tem aceitado inúmeros convites de várias escolas e instituições do país para participar em tertúlias e encontros com os leitores – reptos aos quais o autor nunca diz “não”, porque “a Poesia é o seu altar”! A partir de 1995 a sua editora tem sido a MinervaCoimbra. 


Regina Rocha escreve no prefácio deste livro: 

«(...) E é forçoso referir a mestria do domínio do decassílabo em poemas longos de um só estrofe, tão ricos de sentidos, de ritmo, de sonoridades que o fim da leitura de cada um exige o voltar atrás, a releitura, saboreando-se o poema verso a verso. Criptograma, símbolos, alusões, sentidos implícitos, sugestões, expressividade, sonoridades, ritmo, melodia são a marca desta poesia, porque é Poesia, não a cantada pelos pássaros azuis, 
mas a que revela a angústia existencial de quem sabe e sente que ser poeta é ser diferente.

Sim, esta obra é um grito do poeta que sabe que perdura nos seus versos e galharda e desafiadoramente assume que “Nesse dia em que o Mundo não girar / Ainda cá estarei para cantar”.» 


Paulo Jorge Dias Nogueira Ilharco nasceu a 26 de Maio de 1961, na freguesia de São Bartolomeu, em Coimbra. Ainda muito jovem, concluiu o curso superior de Línguas e Literaturas Modernas, na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, tendo-lhe sido atribuídas bolsas de estudo pelos governos britânico e espanhol. Desde então, tem vindo a exercer funções docentes, como professor de Português e Inglês, em diversas escolas do país.
Em 1991, publicou o seu primeiro livro de Poesia, intitulado “Sonetos Imperfeitos”, com
posfácio do Professor-Assistente de Literatura e Cultura Portuguesas, no Instituto de Letras da
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, António Basílio Rodrigues.
Em 1992, lançou “Chão Sagrado – Sonetos Mais-Que-Imperfeitos”, com prefácio de Natália Correia. Tanto esta obra, como a anterior, foram adoptadas em cadeirasde Literatura Portuguesa, em diferentes instituições académicas do Porto.
Em 1995, pôs na forja “Paranóia – Sonetos do Reencontro”, com prefácio do Doutor José Carlos Seabra Pereira, na altura Professor de Teoria da Literatura e Literatura Portuguesa, na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.
Em 1997, viu o seu livro “Transgressão – Poemas Ao Ocaso” ser prefaciado pela Doutora Isabel Vaz Ponce de Leão, então professora na Universidade Fernando Pessoa, no Porto.
Em 2002, 2004 e 2009, publicou, respectivamente, “E Nu Sente – Sonetos (E)ternos”, com pre-
fácio do crítico e jurista Dr. Manuel Bontempo,“Ideias... E Dei-As! – Quadras Doídas Sem Acento No i”, com prefácio da poetisa Liz da Silva, e “Asas Versus Aspas – Poema De Força Na Cedilha”, com prefácio da Doutora Clara Murteira, professora na Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra.
Em 2015 deu a conhecer a sua vasta obra, “Raios-X À Alma – Eco Do Silêncio”, um livro com mais de 400 páginas, curiosamente prefaciado pelo próprio, o qual foi apresentado por Isabel de Carvalho Garcia, das Edições MinervaCoimbra, em tom de “entrevista”, num sarau cultural, cuja sessão decorreu no emblemático Café Santa Cruz, em Coimbra, tendo o autor “casado” Música com Poesia, apresentando-se ao público, não só como poeta, mas também como cantor e compositor.




sexta-feira, maio 12, 2017

CURSAR MEDICINA NOS ANOS 50 - HISTÓRIA.MEMÓRIAS. IMAGENS [SECÇÃO REGIONAL DO CENTRO DA ORDEM DOS MÉDICOS] 17 DE MAIO. 18H30. COIMBRA


CONVITE. 17 de maio, 18h30.


Apresentação do mais recente livro de autoria de Maria Manuela de Mendonça (médica)
"Cursar Medicina nos Anos 50 - História. Memórias. Imagens". 

Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos, Av.D. Afonso Henriques, 39, em Coimbra, Sala Miguel Torga. Sessão presidida por Carlos Cortes, Presidente da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos. Maria Lucília Mercês de Mello, médica, e Fernando Augusto Barbosa, engenheiro mecânico e jornalista, farão a apresentação.

 www.minervacoimbra.pt //www.facebook.com/minervacoimbraed/

terça-feira, abril 25, 2017

A VIAGEM DE IRENE VALENTE. APRESENTAÇÃO EM COIMBRA [29 DE ABRIL, 17H30] HOTEL D. INÊS






Convite

Temos o gosto de convidar para a apresentação do livro

A VIAGEM de Irene Valente.

A apresentação será feita por Jorge Corte-Real (jurista)
e a sessão realiza-se, dia 29 de Abril, pelas 17h30,
no Hotel D. Inês, em Coimbra.



A VIAGEM 
Nesta narrativa, toda ela uma viagem em redor de viagens, 
Irene Valente lembra-nos que a vida é um labirinto, uma “teia de
ligações” da qual apenas nos poderemos libertar “através da
compreensão e do perdão de todos os intervenientes”.
E também nós, porque leitores, somos intervenientes nestas
viagens de Isadora, estamos com ela nos espaços exteriores e nos
espaços interiores, vimos com os seus olhos e ouvimos com os
seus ouvidos. Porém, aceitemos ou não a reencarnação, somos
incapazes de recusar a dimensão de imortalidade que nos é
proposta pela autora: “somos imortais e eternos. Os corpos e
mentes são apenas as máscaras que a alma utiliza para
representar o papel atribuído ao personagem na novela que
decorre em cada vida”.
Assim, da mesma forma como o revisor da narrativa, ciente de
que a obra é do escritor, propõe a alteração de uma vírgula ou de
um tempo verbal mas liberta a obra para que espelhe o seu autor,
também cada um de nós, tendo recebido novas ideias, é livre para
“seguir uma consciência mais elevada e o caminho da
espiritualidade em sintonia com as Leis do UM ou, pelo
contrário, continuar preso ao medo, ao sofrimento”. A escolha é
nossa, a cada momento da Viagem.

IRENE VALENTE
Depois de uma vida dedicada à Enfermagem e ao Ensino
de Enfermagem, a autora retirou-se para se dedicar à
escrita e ao estudo das terapias alternativas nas quais
apresenta uma larga formação que inclui entre outras:
- Operadora de PMT e Fire Axe Activation
- Terapeuta Quântica e Holística
- Mestre de Reiki Usui
- Mestre de Reiki Omrom
- Facilitator of Divine Diamond Healing
- Master Teacher in Magnified Healing of the God Most
High of the Universe
- Sistema de Reiki Usui
- Sistema de Reiki Omrom
- Orixá Reiki Magnificado I e II
- Orixá Reiki Tronados
- Elohim Reiki nível de Expansão
- Elohim Reiki ancoramento da Mestria
- Cura Quântica Estelar I - para a prática holística
- Up-Grade de Cura Quântica Estelar- referente a uma
nova metodologia com merkabas e projeção de energia
para aprimoramento das capacidades do terapeuta.
- Cura Quântica Estelar II – referente a tópicos de
acupuntura, Do-In, Reflexologia, Quiropraxia, Anatomia e
Patologia Clínica
- Cura Quântica III – referente a tópicos de Radiónica,
Radiestesia, Medicina Vibracional e Apometria Psiónica.
- Cura Quântica IV – referente à criação e estrutura das
Formas de Pensamento e dos Miasmas que a consciência
humana produz, além dos aspetos de memória celular e de
herança psíquica dos antigos registos de vidas passadas e
da ascentralidade.
- Cura Quântica Estelar V – curso intensivo de
aprofundamento da técnica de harmonização energética.
- Módulo de Desdobramento multidimensional- para
técnicas apométricas mais avançadas.
- Módulo Comandos Estelares - referente à origem e
criação das Federações Interestelares de Teta.
- Módulo de Harmonização ambiental – curso intensivo
para aprofundamento das técnicas anteriores, para
intervenções mais avançadas.

Publicações da Autora
Além de diversos artigos publicados em Revistas da
Especialidade, ao longo da sua atividade profissional
publicou os seguintes livros:
*Com quantos contos se faz um mundo (2016).
em co-autoria com 11 autores internacionais.
Editora Casa do Escritor.
*O Desabrochar do Lótus (2014).
Edições MinervaCoimbra.
Percursos, vivências e novos caminhos (2013),
2.ª edição (2016). Edições MinervaCoimbra.
*Autoconceito em estudantes de Enfermagem (2002).
Coimbra, Editora Quarteto.
*Autoconceito no Jovem Adulto (2000). Estudo da
interação da vinculação e algumas variáveis
sociodemográficas no autoconceito. Dissertação de
Mestrado, apresentada e defendida na Escola de Altos
Estudos do Instituto Superior Miguel Torga em Coimbra.
*Avaliação Sumativa (1999). Dissertação do curso de
Pedagogia Aplicada ao Ensino de Enfermagem,
apresentada e defendida na Escola Superior de
Enfermagem Dr. Angelo da Fonseca em Coimbra.
*Divulgados mas não editados. Encontram-se nos
repositórios das respetivas Instituições.
Contacto com a Autora:
Se desejar entrar em contacto com a autora, para comentar o
presente livro, escreva para o e-mail: ivalente54@gmail.com
A Autora terá todo o prazer em responder a qualquer

questão que o leitor lhe coloque a propósito desta obra.